Princípios Orientadores

Desde Março de 1983 que o Instituto de Apoio à Criança tem desenvolvido esforços no sentido de apoiar e divulgar o trabalho de todos aqueles que se preocupam com a procura de novas respostas para os problemas da infância em Portugal, assumindo-se como promotor e defensor dos Direitos da Criança, junto de diferentes entidades, instituições e da comunidade em geral.

Como afirmou a Drª Maria Emília Brederode Santos:

“O IAC tem tido um papel supletivo relativamente a insuficiências - quer de estudos quer de acção – das instituições estatais e um papel pioneiro na detecção de novas necessidades, novos riscos e novos problemas e na organização de novas respostas”.

Neste sentido e na defesa intransigente do seu compromisso para com todas as Crianças nomeadamente na promoção e defesa dos Direitos da Criança, o Instituto de Apoio à Criança escolheu sobretudo os seguintes valores (isto não querendo dizer que outros valores não estejam presente no trabalho das equipas do IAC):

  • Eficácia
  • Esforço
  • Inovação
  • Integridade
  • Qualidade
  • Respeito
  • Tenacidade
  • Trabalho em equipa
  • Trabalho em parceria
Ler 19745 vezes
Largo da Memória, 14, 1349-045 LISBOA +351 213 617 880Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.