Encontro “Fórmula PIEF: garantia para o futuro”

pief

A Fundação “O Século”, em parceria com as entidades beneficiárias de financiamento do Programa de Apoio e Qualificação da Medida PIEF - PAQPIEF no distrito de Lisboa, a saber, Instituto de Apoio à Criança, Associação Pressley Ridge, Fundação António Silva Leal, Santa Casa da Misericórdia da Aldeia Galega da Merceana e Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, irá realizar o Encontro “Fórmula PIEF: garantia para o futuro”, o qual terá lugar no Auditório da Fundação “O Século”, em São Pedro do Estoril, no dia 23 de Maio de 2014.

Este encontro, inter-PIEFs, visa promover a missão, valores e boas práticas de um Programa nacional de inclusão escolar, que nos últimos 2 anos letivos tem procurado trabalhar com jovens em situação de risco, apostando numa lógica de articulação entre Segurança Social, escolas e entidades beneficiárias de financiamento.

 

Iniciativa “ Cadernos 2013 – das palavras aos atos”

Numa época em que as medidas de combate à pobreza e exclusão se intensificam, é igualmente importante e imprescindível ouvir e dar voz aos que se encontram em situação de maior vulnerabilidade. Assim e à semelhança do que aconteceu em 2000, em que crianças, jovens e famílias acompanhados pelo IAC – Projecto Rua puderam expressar a sua opinião, através de desenhos ou da escrita sobre a sua situação atual, os seus sentimentos e as suas expectativas face ao futuro, a ESAN (Rede Europeia de Ação Social) convidou o IAC para se associar a esta causa e voltar a colaborar na iniciativa – “CAHIERS 2000 – Le dire pour agir”.

Conscientes de que as políticas de inclusão só conseguirão produzir efeitos para as quais são criadas, se forem elaboradas e definidas conjuntamente com a população a quem se dirigem, o IAC – Projecto Rua convida todas as instituições parceiras a participar na iniciativa “ Cadernos 2013 – Das palavras aos atos”.

Os testemunhos recolhidos serão compilados e editados sob a forma de um livro, que será apresentado e entregue em Estrasburgo por ocasião do Dia Mundial de Erradicação da Pobreza e Exclusão Social a 17 de outubro de 2013.

Para mais informações contactar Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Sebenta (pdf)

capa das palavras aos actos2013 palavrasatos

 

 

Testemunho elaborado pela ARCIL (Associação para a Recuperação do Cidadãos Inadaptados da Lousã), instituição parceira da Rede Construir Juntos, na sequência da participação desta instituição na iniciativa Cahiers 2013

Testemunho (pdf)

 


Lançamento do produto final do projeto ESCAPE: Programa de Prevenção de Violência de Rua e entre Pares

O IAC – Projecto Rua vem por este meio divulgar o produto final do projeto transnacional "ESCAPE - European Street Children Anti-Violence Programme and Exchange”, financiado pelo Programa Daphne III da Comissão Europeia, para o qual colaborámos ativamente durante os últimos 2 anos.

O projeto ESCAPE centrou-se na violência de rua e entre crianças e adolescentes migrantes ou pertencentes a minorias étnicas, que moram e/ou trabalham na rua, tanto em países da Europa Ocidental como de Leste.

Este Manual de Formação para Profissionais é o principal produto do ESCAPE e contém um “Programa de Prevenção de Violência de Rua e entre Pares” que foi desenvolvido, aplicado e validado ao longo do projeto. Este tem como objetivo a promoção de competências pessoais e sociais, pretendendo-se com o mesmo dotar as crianças e adolescentes de rua com ferramentas que os tornem capazes de prevenir e lidar com situações de violência e adotar soluções pacíficas.  

Estão disponíveis as versões digitais do mesmo em inglês e português.

Convidamo-los/as a consultarem este manual, no qual nos continuamos a basear para aplicar sessões de treino de competências pessoais e sociais junto das crianças e jovens acompanhados pelo Projecto Rua.

 

Manual em português (PDF)       Manual em inglês (PDF)

IAC – Projecto Rua continua a implementar o “Programa de Prevenção de Violência de Rua e entre Pares” do projeto ESCAPE

O “Programa de Prevenção de Violência de Rua e entre Pares” desenvolvido pelo projeto ESCAPE está a ser implementado pelas equipas de terreno do Projecto Rua, mesmo tendo o referido projeto terminado no final do ano transato.

Uma vez que a implementação-piloto deste Programa teve muito bons resultados com o grupo-alvo do Projecto Rua e como a nossa filosofia de intervenção se baseia no desenvolvimento de competências pessoais e sociais, a equipa do Projecto Rua decidiu que seria uma mais-valia continuar a usar esta ferramenta, a qual já demonstrou ser de grande utilidade e interesse.

O Centro de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil está a implementar este Programa de Desenvolvimento de Competências Pessoais e Sociais junto de crianças em fuga e/ou em contexto de rua, sinalizados por outras entidades e identificados pela própria equipa, bem como a outros que têm medidas tutelares educativas e que são encaminhados pela DGRSP.

Para além destes grupos, o Programa também está a ser aplicado às 9 turmas PIEF com as quais o Projecto Rua está a intervir desde o início do presente ano letivo. O trabalho com estas turmas inclui o treino de competências, tendo-se adaptado o “Programa de Prevenção de Violência de Rua e entre Pares” de acordo com as especificidades das diferentes turmas.

O IAC, forte apoiante deste Programa, continua a disseminar este instrumento em Portugal e espera que seja tão útil para organizações nacionais e internacionais, tal como tem sido para nós.

fotografia

fotopr

fotopro

ptc

European Forum on Street Children 2012

O Instituto de Apoio à Criança, enquanto membro ativo da European Federation For Street Children, pretende divulgar a declaração elaborada no European Forum on Street Children 2012, que decorreu em Verona nos dias 11 e 12 de Outubro do corrente ano, sob o tema “Menores não acompanhados vítimas de violência: origens, manifestações e estratégias de prevenção para ultrapassar o fenómeno “escondido” das crianças que sofrem na sombra. Um desafio para as políticas europeias e nacionais de defesa dos direitos das crianças.”
A European Federation For Street Children é uma federação europeia, de organizações não-governamentais, com participação no Conselho da Europa e que tem por missão a melhoria das condições de vida das crianças e a concretização dos seus direitos. Para mais informações ver o Website: www.efsc-eu.org
No decorrer do Fórum, foi realizada uma reflexão/análise sobre a problemática de “menores não acompanhados vítimas de violência” e os principais enfoques para uma mudança estrutural nessa área e o desenho de políticas estratégicas elaboradas em conjunto com os Estados-Membros.
Pretendemos partilhar o resumo das apresentações realizadas no Fórum e a Declaração que compreende 3 pontos considerados imprescindíveis para o esboço de uma política europeia de abordagem comum contra a violência sobre os menores não acompanhados e cujas recomendações consideramos urgente implementar.

Projecto Rua: grande reportagem no DN

dn_prua dn_prua_2
 
O DN acompanhou as equipas  de rua do instituto de Apoio à Criança e as operações da  PSP. em ações que se cruzam e com a colaboração de várias organizações de apoio a crianças e adolescentes que que vagueiam pelas ruas, prevenindo-os dos riscos que correm e procurando resgatá-los da rua.
 
dn_prua_3 dn_prua_4
 pdf
(clique aqui)
dn_prua

ESCAPE : Alargar horizontes, Revelar novos caminhos, Instaurar a paz na vida dos jovens

"Uma das coisas importantes da não violência é que não busca destruir a pessoa, mas transformá-la"
Martin Luther King

O projeto ESCAPE revelou-se para a nossa intervenção como um contributo bastante válido para a promoção de competências pessoais e sociais dos nossos jovens, no sentido de conduzir a uma vida mais pacífica e sem violência.

Não é tarefa fácil e trata-se claramente de uma luta desigual: a vida dos nossos jovens é muitas vezes desde o berço (e até antes dele) marcada por contextos de grande violência. O meio onde vivem é violento e a violência acaba por ser tão banal que não chega a ser questionada.

Acaba por ser uma dimensão tão natural na educação, cultura e identidade do sujeito, como natural é a ambição, a alegria ou o amor.

O ESCAPE acaba por ser um programa que não procura julgar, moralizar ou definir caminhos a seguir, mas antes alargar horizontes, revelar novos caminhos, alternativos aos que o jovem já conhece. A nossa Esperança reside na possibilidade de os jovens poderem optar por comportamentos socialmente responsáveis na altura de resolver os seus conflitos.

Para produzir resultados efetivos, o comportamento tem que ser treinado e continuamente reforçado. É neste sentido que consideramos que o Treino de Competências Pessoais acaba por ser um complemento ao trabalho que temos vindo a promover. Um reforço pertinente neste caminho que temos vindo a trilhar no sentido de transformar comportamentos e instaurar a paz na vida dos nossos jovens.
"A violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota"
Jean-Paul Sartre

Ação “Aprender na Rua” em Coruche

No próximo dia 30 de maio de 2012, o Centro Móvel de Apoio Comunitário e o GAAF(Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família) do Agrupamento de Escolas de Coruche vão desenvolver a "Ação Aprender na Rua" no Bairro do Couço, em Coruche.
Pretende-se com esta ação, reforçar a "ponte" que importa existir entre a escola e a comunidade e elaborar o diagnóstico social dos bairros, no que respeita à ocupação e acompanhamento das crianças e jovens neles residentes.

Programa de prevenção de violência de rua e entre pares

Desde fevereiro que duas equipas de intervenção do IAC - Projecto Rua estão a aplicar o "Programa de prevenção de violência de rua e entre pares" criado no âmbito do Projeto Escape, estando previsto terminar no final de junho.

Este Programa tem como objetivo desenvolver competências pessoais  e sociais em crianças e adolescentes migrantes e/ou pertencentes a minorias étnicas, que vivam e/ou trabalhem na rua, de modo a muni-las de estratégias que lhes permitam identificar e lidar com situações de violência, promovendo ainda a adoção de comportamentos assertivos.

No âmbito das parcerias existentes, o CDIJ-Oriental (Centro de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil) está a desenvolver o Programa com um grupo de jovens do PIEF da Escola Secundária Eça de Queirós (Olivais-Lisboa) e com um segundo grupo acompanhado pela DGRS (Direção  Geral de Reinserção Social).

O CDIJ-Centro está a aplicá-lo com um grupo de jovens do Lar Adolfo Coelho, também Parceiro do IAC-Projecto Rua.

21ª Ação de Formação para Animadores:"Jovens Multidesafiadores - A motivação como motor de transformação"

O Projeto Rua, vai promover de 15 a 18 de Maio, a 21ª Ação de Formação para Animadores, cujo tema será "Jovens Multidesafiadores – A motivação como motor de transformação".
A Ação de Formação tem como principais objetivos:
- Conhecer a estrutura e metodologia de intervenção do Projeto Rua;
- Adquirir e reforçar conhecimentos teórico-práticos que permitam melhorar a intervenção;
- Refletir acerca do papel do técnico enquanto pessoa e profissional, no trabalho com adolescentes e jovens;
- Refletir sobre formas e estratégias de intervenção e motivação com jovens;
- Refletir sobre o desenvolvimento psicológico, relacional e social do adolescente/jovem;
- Partilhar experiências de intervenção com outros participantes.
Esta destina-se fundamentalmente a profissionais da área da animação, embora também esteja aberta à participação de outros interventores sociais, bem como de estudantes universitários da área da Animação e das Ciências Sociais.
O local será a Quinta das Águas Férreas, em Caneças, e decorrerá em regime residencial/acantonamento.
O valor da inscrição é de 60 Euros, estando incluído o alojamento e refeições.
As fichas de inscrição devem ser enviadas até o dia 4 de Maio e devem vir acompanhadas da ficha dos Jogos Pedagógicos, caso tenham alguma proposta. O objetivo desta última ficha é a partilha de jogos e, para tal, pedimos a cada formando ou grupo de formandos que apresente uma proposta de um jogo para dinamizar/partilhar no 1º dia da formação, no módulo “Rapsódia de Jogos”. Após rececionarmos as várias propostas, será feita uma seleção prévia dos jogos, com base em alguns critérios (criatividade, materiais, aplicabilidade, etc.) e informaremos antecipadamente quais os jogos selecionados.
Mais informamos que no local da formação estará disponível para venda o “Guia do Animador”, editado pelo IAC (http://www.iacrianca.pt/pt/projecto-ruapublicacoes).
Para mais informações, contactar:
Paula Paçó, Isabel Duarte, Maria João Carmona
Tel. 21 781 85 90
Fax: 21 781 85 99
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
poster divulgao curso animadores_1
Largo da Memória, 14, 1349-045 LISBOA +351 213 617 880Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.