Lançamento do livro “Guia do Animador - Ideias e Práticas para Criar e Inovar”

No dia 18 de Novembro de 2011, às 18h30, realiza-se o lançamento do livro “Guia do Animador - Ideias e Práticas para Criar e Inovar” na FNAC Vasco da Gama.

Este guia reúne algumas das boas práticas utilizadas ao longo da existência do sector IAC/Projeto Rua, não só com os “meninos de rua”, mas com tantas outras crianças, jovens e famílias que fizeram o seu percurso com o Instituto de Apoio à Criança. Pretende-se, acima de tudo, que constitua um instrumento prático, de fácil aprendizagem e aplicação, quer ao nível dos ateliers, como dos jogos pedagógicos na dinamização de grupos.

Este Guia destina-se a animadores, educadores, professores e a todos aqueles que acreditam no poder da animação, nas suas variadas vertentes, como ferramenta imprescindível na intervenção junto de crianças e jovens em risco.

A apresentação do livro estará a cargo da Drª Dulce Rocha (Presidente Executiva) e da Drª Matilde Sirgado (coordenadora do sector IAC/Projecto Rua) do Instituto de Apoio à Criança.

O livro sai com a chancela das Edições Sílabo. Pode encomendar directamente as obras que pretende para  e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou  Fax: 218166719, bem como dirigir-se a uma boa livraria ou comprar online em:

    • Bisturi – Livros Técnicos, Lda.

    • Wook.pt

 

 imagem_01

Açores : Acção de Formação “A Intervenção pela Positiva em Situações de Risco”

 
Entre 11 e 13 de Julho de 2011, decorreu em Ponta Delgada, nos Açores a Acção de Formação "A Intervenção pela Positiva em Situações de Risco". Esta Acção de Formação surge no âmbito da colaboração existente entre o IAC – Projecto Rua e o IAC- Açores e teve como objectivo principal: promover a aquisição de conhecimentos teórico-práticos, no âmbito da intervenção pela positiva com crianças/jovens e suas famílias, visando o seu desenvolvimento e autonomia.

A formação foi destinada a 23 formandos de diversas áreas profissionais: Psicólogos, Assistentes Sociais, Sociólogos, Educadores, Animadores e Monitores, integrados nas várias Valências do IAC – Açores. No grupo existiam formandos com alguns anos de experiência em diferentes áreas de intervenção o que conferiu uma certa heterogeneidade ao grupo.

Com um programa bastante intenso, a formação teve a duração de 3 dias, com uma carga horária de 7 horas diárias.

O 1º dia foi dedicado à "Família como Alicerce para o Desenvolvimento da Criança – Módulo I , onde demos especial destaque aos factores de risco e potencialidades das crianças/jovens e suas famílias.

Na parte da tarde, destacamos os Mitos e as Atitudes Facilitadoras da Relação Pedagógica.

O 2º dia, foi dedicado à Eficácia Pessoal, onde foram abordados temas como: as competências pessoais e relacionais do interventor social; comunicação, trabalho em equipa e os benefícios do trabalho em rede. No último dia, foi leccionado o Módulo III – "Rumo à Autonomia: Uma Intervenção Positiva", onde destacamos a metodologia de projecto.

Como metodologia utilizada nesta formação, destacamos essencialmente o recurso às dinâmicas de grupo e à ludicidade como ferramenta pedagógica. Pretendeu-se também, promover a partilha de conhecimentos e experiências entre os participantes e partilhar estratégias de intervenção do IAC- Projecto Rua.

A avaliação realizada pelos formandos foi bastante positiva e a maioria gostaria de ter tido mais dias de formação para aprofundar alguns dos temas. Ficou o pedido de mais formação para a equipa e o desafio de aplicar na prática as aprendizagens realizadas.

Verona: a apresentação do relatório final do projecto AVP e 1º Intercâmbio de Técnicos (Escape)

Decorreu no dia 9 de Junho, nas instalações do Instituto Don Calabria, em Verona, a apresentação do relatório final do projecto AVP – "Protecting street children from violence in urban areas of two European capitals (Lisbon and Naples): Development of a sustainable methodology". Paula Paçó fez a apresentação do conteúdo com o qual contribuímos para este relatório, tendo partilhado a experiência de intervenção do Projecto Rua na área da violência sobre crianças de rua.

Nos dias 9 e 10 de Junho realizou-se também o 1º Intercâmbio de Técnicos no âmbito do projecto europeu Escape, no qual o Projecto Rua está a participar desde o início do presente ano, e que tem como base o AVP.

Paula Paçó e Maria João Carmona representaram o IAC nesta reunião de trabalho, a qual foi organizada pelo Instituto Don Calabria e pela European Federation for Street Children.

Todas as instituições parceiras apresentaram e discutiram os resultados obtidos com a aplicação dos questionários a parceiros locais que intervêm na área da violência exercida sobre e entre crianças de rua, tendo-se também realizado trabalhos de grupos com vista à definição e desenvolvimento de estratégias de cooperação nesta área entre os países da Europa de Leste e da Europa Ocidental.

Os técnicos presentes fizeram ainda um teste, com o objectivo de saber qual o seu conhecimento prévio acerca da realidade nos outros países que participam no projecto.

Realizou-se também uma visita de estudo às instalações da instituição anfitriã, o Instituto Don Calabria, que possui um Centro Educativo na cidade de Verona.

Por fim, discutiram-se assuntos relacionados com as próximas fases do projecto e definiram-se deadlines para apresentar os dados que ainda falta recolher em cada país.

Cabo Verde: Parceria e Formação

Dando continuidade à parceria entre o Instituto de Apoio à Criança (IAC) e a Associação de Crianças Desfavorecidas (ACRIDES), Matilde Sirgado e Isabel Duarte deslocaram-se a Cabo Verde a fim de realizarem, de 25 de Junho a 5 de Julho, mais uma semana de formação, acompanhamento técnico e monitorização à equipa da ACRIDES, bem como, a participação num encontro de lançamento de uma Rede de Parceria, em Prol das Crianças/Jovens mais carenciadas e suas famílias em Cabo Verde.

Assim, este ano, o tema da formação foi "A Intervenção pela Positiva em Situações de Risco". Um dos grandes objectivos desta acção era reflectir com os animadores e técnicos a importância de analisarmos e trabalharmos as potencialidades do grupo alvo, sejam eles crianças, jovens ou as famílias como um todo. Apesar da gravidade e complexidade dos problemas, que afectam os grupos com os quais os técnicos do social trabalham, o que dificulta as suas tarefas do dia-a-dia, é de extrema importância descobrir e valorizar as potencialidades daqueles, que apesar dos infortúnios da vida, tem muitas competências que podem e devem ser trabalhadas, a fim de criarmos cidadãos activos e participativos no seu próprio processo de mudança, em vez de cidadãos dependentes dos técnicos, das instituições e do Estado.

Sempre com o propósito de promover o desenvolvimento da autonomia, partilhámos conhecimentos teórico-práticos, estratégias, metodologias e utilizámos o lúdico como ferramenta pedagógica.

Para valorizar ainda mais esta acção, tivemos o privilégio de poder contar com a colaboração da formadora Vitória Monteiro da 5ps, que de forma solidária, se juntou a nós nestes caminhos de Cabo Verde e enriqueceu o nosso espaço formativo.

No que diz respeito à equipa da ACRIDES, é notório o empenho e dedicação com que realizam as suas actividades, apesar dos constrangimentos próprios de uma ONG, num país com as características de Cabo Verde. É para nós, que acompanhamos esta instituição à alguns anos, motivo de satisfação e sentimento de dever cumprido, quando chegamos ao terreno e vemos a aplicação das técnicas e metodologias que temos transmitido através das acções de formação que dinamizamos em Cabo Verde, todo o acompanhamento à distância que é feito ao longo do ano e também o facto de termos proporcionado a alguns elementos da ACRIDES a frequência nas acções de Formação do IAC em Portugal. Assim a caravana sai para a rua acompanhando os que mais necessitam, na tentativa de melhorar as suas condições e proporcionando às crianças momentos que de outra forma não seria possível vivenciar, deste modo, esta equipa vai respondendo àquilo que é o lema da ACRIDES, "A Cada Criança um Sorriso de Esperança".

Por último, mas não menos importante, levámos na bagagem a metodologia da Rede Construir Juntos. Esta, é composta por instituições de solidariedade social (IPSS), de Norte a sul do país e ilhas, com intervenção na área da infância e Juventude. A Rede é dinamizada através de Pólos regionais, que na sua área geográfica, promovem o trabalho em rede no sentido de potenciar as sinergias das acções no combate à exclusão social, na área da infância e juventude. A articulação a nível Nacional é da responsabilidade do Fórum Construir Juntos e do Projecto Rua do Instituto de Apoio à Criança.

Tendo por base esta experiência testada em Portugal desde 1997, a ACRIDES convidou-nos a passar este testemunho em Cabo Verde, uma vez que existe uma enorme carência de trabalho articulado e em parceria entre as instituições. Assim, realizou-se no dia 4 de Julho 2011 o seminário "Juntos Vamos Construir", onde a ACRIDES assumiu o papel de promotor da Rede "Juntos Vamos Construir" que visa o "Djunta Mon", a solidariedade, em prol das crianças desfavorecidas em Cabo Verde.

IAC-Projecto Rua dinamiza férias de Verão de crianças e jovens

Chegadas as férias escolares de Verão, o IAC – Projecto Rua dinamiza um conjunto de actividades diversificadas, rentabilizando parcerias e protocolos existentes, com as crianças e jovens que apoia/acompanha e, em alguns casos, com as respectivas famílias. Essas actividades realizam-se em diversos espaços culturais e de lazer, nomeadamente:

- Espaço de férias na Quinta das Águas Férreas – Caneças, com criança/jovens e mães.;

- Visita ao Centro de Formação Arte e Beleza;

- Ida ao Jardim Zoológico;

- Parque das Nações;

- Parque Cabeço de Montachique;

- Badoca  Park;

- Visita ao Palácio Nacional de Sintra;

- Visita ao Centro Cultural de Belém;

- Idas à piscina;

- Escola Agrícola da Paiã;

- Passeio a Mafra;

- Quinta da Regaleira;

-Visita ao Centro de Ciência Viva em Sintra.

Acção de Formação promovida pelo IAC-Projecto Rua em Cabo Verde

Nos próximos dias 27, 28 e 29 de Junho de 2011 o Projecto Rua vai promover a acção de formação “A intervenção pela positiva em situações de risco” para os técnicos da Acrides, à semelhança do que tem acontecido nos anos anteriores. Esta acção vai decorrer na Cidade da Praia, em Cabo Verde, e enquadra-se no protocolo de cooperação existente entre o IAC e a Acrides. As formadoras serão Matilde Sirgado e Isabel Duarte, contando-se ainda com a formadora Vitória Monteiro da empresa 5P’s. A acção será financiada pelas entidades financiadoras da Acrides.

Tendo em conta o protocolo já referido, as técnicas do IAC permanecerão em Cabo Verde até ao dia 5 de Julho com o objectivo de fazer o acompanhamento e monitorização da equipa da ACRIDES, referente ao Projecto Educação de Rua, bem como, fazer a transferibilidade da metodologia da Rede Construir Juntos para Cabo Verde sob a dinamização da ACRIDES.

Acção de Formação nos Açores sobre "A Intervenção pela positiva em situação de risco"

A convite do IAC – Açores (que financia a totalidade da acção), o Projecto Rua, em parceria com a 5P’s, vai realizar uma acção de formação subordinada à temática “A Intervenção pela positiva em situação de risco”, de 11 a 13 de Julho, em Ponta Delgada.

Esta acção, que se destina a temáticas de diferentes instituições locais, terá por base os seguintes objectivos:

. Partilhar metodologias e estratégias de intervenção do IAC – Projecto Rua;

. Promover o recurso à Ludicidade como ferramenta pedagógica;

. Estimular a partilha de conhecimentos e experiências entre os participantes;

. Promover a aquisição de conhecimentos teórico-práticos no âmbito da intervenção com as famílias;

. Reflectir sobre os indicadores que garantem a qualidade da intervenção social;

. Conhecer e experienciar técnicas aplicáveis na intervenção com famílias, visando a promoção do desenvolvimento e autonomia das criança e jovens;

. Promover o desenvolvimento de competências de comunicação e de intervenção com as famílias.

II Intercâmbio de Crianças e Jovens

No âmbito da Rede Construir Juntos, nomeadamente o pólo de Lisboa, vai decorrer no dia 23 de Junho o II Intercâmbio de Crianças e Jovens, onde se desenvolverão diversos trabalhos, numa perspectiva de dinâmica de grupo, com vista a preparar a acção do voluntariado que será desenvolvida a favor de uma comunidade ou organização pelos participantes deste intercâmbio.Esta acção inclui uma visita ao Museu da Presidência.

Intercâmbio de técnicos em Verona

Decorre nos próximos dias 9 e 10 de Junho em Verona, Itália, o primeiro intercâmbio de técnicos a realizar no âmbito do Projecto ESCAPE - "European Street Children Anti-violence Programme and Exchange". O IAC- Projecto Rua estará representado pelas técnicas Paula Paçó e Maria João Carmona, estando todas as despesas cobertas pela entidade anfitriã.

Conferência sobre Crianças de Rua em Belgrado

A convite da Missão Sérvia da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa, o técnico Bruno Pio do sector IAC - Projecto Rua participará numa conferência sobre crianças de rua que decorre em Belgrado nos próximos 7 e 8 de Junho, na qual apresentará a filosofia e a metodologia de intervenção do Projecto Rua.A participação do IAC-Projecto Rua neste evento conta com o financiamento da OSCE, entidade que cobre todas as despesas.

Pode consultar aqui o site da Missão Sérvia para mais informações.

Largo da Memória, 14, 1349-045 LISBOA +351 213 617 880Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.